Aos 53 anos, Marcelo Borges da Silva, mais conhecido como Marcelo Cabeleireiro é advogado e cabeleireiro. Casado com Ana Paula é pai de dois filhos: Marcella Borges e Matheus Borges. Pós-graduado em direito público e tributário, Marcelo está em seu quarto mandato como vereador, e foi presidente da Câmara Municipal de Barra Mansa por quatro períodos. É presidente do Ilha Clube de Barra Mansa, cargo que exerce há 20 anos e onde faz parte da diretoria desde 1998.

A história de luta e vitórias começa aos 10 anos de idade. Segundo mais velho entre os seis irmãos, viu o pai separar da mãe e foi obrigado a trabalhar para ajudar no sustento da família. Durante esse período, exerceu diversas funções: lavador de carros, vendedor de geladinho, carregador de bolsa na feira e engraxate.

Mais tarde, teve que abandonar os estudos e conseguiu vaga como cobrador, com carteira assinada, na Viação Sul Fluminense. Isso, em agosto de 1979, em Volta Redonda, onde permaneceu atuando por mais de 10 anos nas empresas de transporte coletivo Viação Sul Fluminense, Cidade do Aço e Viação Progresso. Ao longo desse tempo, teve experiências em outros ramos como ajudante de pedreiro na construção civil.

Mas, em 1988, que começa parte da trajetória que mudaria o rumo de sua vida. Inicia um curso de cabeleireiro e começa a trabalhar na área. Enfrentando o preconceito da família e sem desanimar, enfrenta dificuldades, mas se vê obrigado a voltar ao transporte coletivo antes de se casar. Mais tarde, já na década de 90, abre seu primeiro salão. Predestinado a vencer na vida, Marcelo, aos 27 anos, surpreende a todos, inclusive a esposa, retornando aos estudos na 5ª série. Aos 30, conclui o ensino fundamental, mas pára de estudar novamente devido ao grande volume de clientes e o sucesso do salão na época.

Em 1995, devido ao seu carisma, popularidade e ascensão profissional ingressa na vida pública. No ano seguinte, se candidata pela primeira vez. Apesar de não vencer a eleição, recebe quase 300 votos. Em 1998, disputa a eleição para presidente do Ilha Clube e vence, iniciando uma transformação na instituição. Mais experiente, em 2000, Marcelo Borges disputa novamente uma cadeira na Câmara, e vence pela primeira vez as eleições para vereador obtendo 807 votos. Com um mandato responsável e eficiente, em 2004 vai em busca da reeleição. Apesar 1596 votos, dobrando sua votação anterior, seu partido não atinge o coeficiente eleitoral. Com a intenção de potencializar a carreira política, pessoal e profissional, retoma os estudos em 2005. Termina o ensino médio e no ano seguinte matricula-se no Curso de Direito no UBM, iniciando uma transformação na vida pessoal. Em 2008, se candidata novamente e retorna à Câmara Municipal com 1277 votos. Na eleição seguinte, em 2012, se reelege com 1420 votos, tendo como plataforma a transparência e sua atuação fiscalizadora incontestável. O resultado do trabalho provocou um crescimento significativo em sua votação em 2016, atingindo 1892 votos.

ATUAÇÃO NA CÂMARA

Marcelo Cabeleireiro realizou um trabalho de destaque à frente da Câmara de Barra Mansa. Foi responsável pela implantação da TV Câmara, que transmite on-line e em tempo real as sessões do Legislativo e ainda fortaleceu o processo de transparência pública e da Lei da Informação. Em seu mandato como presidente da Câmara os cidadãos passaram a fazer uso constante da tribuna livre, criando também um canal direto com os munícipes por meio da Ouvidoria da Câmara e da Saúde. Foi com dois concursos públicos que Marcelo democratizou e valorizou o servidor de carreira do Legislativo. Atento ao controle de gastos e maior transparência implantou o sistema rastreamento por GPS nos carros da Câmara.

Focado na economia de gastos, Marcelo Cabeleireiro devolveu mais de R$ 1.2 milhão somente em 2017 para os cofres da prefeitura. Em seu mandato os funcionários tiveram reajuste salarial, além do vale alimentação para os efetivos, e a construção de um refeitório, com capacidade para 40 pessoas.